Suíno Vivo: Cotações fecham estáveis nesta 5ª feira, após baixas em São Paulo e Rio Grande do Sul na semana

Publicado em 08/09/2016 18:15
81 exibições

Nesta quinta-feira (08), as cotações para o suíno vivo fecharam estáveis, após as baixas no início da semana. O mercado voltou a enfrentar um período de pressão sob as cotações, com a demanda enfraquecida na última quinzena de agosto.

Apenas nesta semana, as referências de negócios cederam em São Paulo e Rio Grande do Sul, enquanto as demais praças de comercialização trabalham com cotações estáveis. Segundo o analista da Safras & Mercado, Allan Maia, o mercado pode ter reação nesta primeira quinzena, com o período em que a demanda é maior.

Já o analista de mercado, Fabiano Coser, aponta que nem mesmo os dados recordes de exportações têm dado fôlego aos preços no mercado doméstico. “A expectativa dos produtores é que neste mês aconteça o mesmo movimento de alta do mês anterior”, explica.

Na segunda-feira (05), o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) apontou que os primeiros resultados de embarques de setembro registraram bom ritmo, após ter dados positivos em agosto. Em dois dias úteis, foram exportados 11,0 mil toneladas, com média diária de 5,5 mil toneladas.

Ainda no cenário externo, embarques de carne suína para a Coreia do Sul devem ter início em 2017, segundo informações divulgadas pelo Ministério da Agricultura (Mapa). Santa Catarina é o estado que deve receber a autorização do governo asiático.  

"O Governo e os produtores de Santa Catarina têm de manter a pressão, porque esta penúltima etapa deve estar concluída em novembro. E, quanto mais cedo os coreanos fizerem a visita técnica, mais rápido colocaremos nossa carne suína no mercado coreano”, explica o ministro Blairo Maggi.

» Acesse as cotações na íntegra para o suíno vivo

Por: Sandy Quintans
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário