Suíno vivo: Mercado independente em recuperação no RS

Publicado em 21/11/2016 18:02
138 exibições

Pela segunda semana consecutiva o mercado de suínos no Rio Grande do Sul registra aumento de preço. Ainda que valorização comedida - de R$ 0,05 nesta semana e, R$ 0,10 na soma do período - o novo patamar de preço indica reação positiva ao setor que vem sofrendo com altos custos de produção.

Segundo a pesquisa de preço da ACURS (Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul), após a alta de cinco centavos, o mercado trabalha com referência de R$ 3,95 na comercialização do animal vivo, mercado independente. Já na cotação agroindustrial a média do suíno é de R$ 2,96/kg.

Segundo os colaboradores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), as vendas começaram a esboçar melhora nessa quarta-feira (16) pós-feriado, mas ainda com reflexo tímido sobre os preços.

Exportações

As exportações brasileiras de carne suína in natura melhoraram o desempenho tanto em preço quanto em volume neste mês de novembro quando comparadas com o mês passado e com novembro de 2015.

De acordo com os dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MICS) até a terceira semana [12 dias úteis] os embarques totalizaram 38 mil toneladas, 18,9% acima do desempenho de outubro, no mesmo período; e, 14,6% superior na comparação com 2015.

Em receita o saldo é de US$ 101 milhões, com média diária de US$ 8,4 milhões, ou seja, 38% melhor do que no igual período do ano passado.

>> Confira a cotação completa do suíno.

Por:
Larissa Albuquerque
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário