Suíno vivo: Mercado fecha estável, com tendência positiva

Publicado em 24/11/2016 17:35
84 exibições

Os preços fecharam estáveis no mercado do suíno vivo independente, embora as perspectivas sejam positivas para as próximas semanas.

“As negociações têm fluído bem e os produtores estão conseguindo comercializar toda a sua oferta. Esperamos que o mercado se tornasse aquecido nas próximas semanas, devido às festividades de final de ano”, diz o presidente da ASEMG (Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais), Antonio Ferraz. Em Minas a cotação subiu R$ 0,20 por quilo nesta semana.

Em São Paulo, após longo período de estabilidade, a cotação da arroba suína no mercado paulista rompeu a barreira dos R$ 80, sendo cotada R$ 80,00 a R$ 82,00/@ [equivalente entre R$ 4,27 a R$ 4,37/kg vivo], condição bolsa.

>> Rússia alerta sobre quarentena agrícola caso febre suína se espalhe no sul

Nesta quinta (24), a APCS (Associação Paulista de Criadores de Suínos) informou a venda de 210 suínos à vista e, mais 210 animais para entrega na sexta-feira, ambos no valor de referência, reforçando a melhora na procura por animais.

No atacado, a expectativa de colaboradores consultados pelo Cepea é de que o mercado também reaja nos próximos dias. De acordo com o boletim semanal do Centro, nesta semana os frigoríficos já tentaram reajustar o valor de alguns cortes, principalmente os mais demandados neste período do ano.

Entre 16 e 23 de novembro a cotação da carcaça especial subiu 1,6%, fechando a R$ 6,36/kg. Já a carcaça comum registrou valorização de 1,1% no mesmo período, sendo cotada em R$ 5,89/kg.

>> Confira a cotação completa do suíno.

Por:
Larissa Albuquerque
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário