Suíno vivo: Cenário é de baixa no mercado independente

Publicado em 12/01/2017 17:44
89 exibições

Nesta quinta-feira (12) as cotações do suíno no mercado independente fecharam estáveis. A estabilidade, porém, não esconde o ruim desempenho dos negócios nas duas primeiras semanas do ano.

Em praticamente todos os estados às bolsas de comercialização dos suínos apontaram baixas nos fechamentos de 2017. Segundo colaboradores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), nem mesmo o enxugamento da oferta tem sido capaz de sustentação os preços.

"Frigoríficos têm pressionado os valores pagos ao produtor independente, alegando dificuldade de venda da carne", explica o boletim semanal do Centro.

No atacado, assim como indicam as agroindústrias, a realidade também é de baixa. Na região da Grande São Paulo, a carcaça especial suína se desvalorizou 8,6% entre 29 de dezembro e 11 de janeiro, com negócios na média de R$ 6,64/kg. Já o preço da carcaça comum recuou 8,3% no mesmo período, passando para R$ 6,20/kg.

Diante do cenário de dificuldade, o presidente da ACCS (Associação Catarinense dos Criadores de Suínos), Lozivanio de Lorenzi, lembra que os suinocultores já obtiveram prejuízos no ano passado, destacando a importância de recuperação do mercado nas próximas semanas.

>> Confira a cotação completa do suíno.

Por: Larissa Albuquerque
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário