Expectativa de melhora da demanda no mercado de suínos

Publicado em 03/12/2018 12:11
57 exibições

A demanda na ponta final da cadeia foi fraca na última semana de novembro, nem mesmo o recebimento da primeira parcela do décimo terceiro salário deu fôlego as vendas.

Com isso, os preços no atacado recuaram nos últimos sete dias. A carcaça está cotada, em média, em R$ 6,00/kg, queda de 3,2% no período.

Já nas granjas paulistas a estabilidade permaneceu. O animal terminado segue negociado, em média, em R$ 76,00/@. Oferta e demanda estão equilibradas.

Apesar do cenário fraco no momento, o mês de novembro deve fechar com os maiores preços médios registrados este ano.

No mercado externo, as exportações vêm apresentando bom ritmo este mês. Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), o país embarcou, em média, diariamente, nas quatro primeiras semanas de novembro, 2,8 mil toneladas de carne in natura. Na comparação com igual período do ano passado, o volume aumentou 21,0%.

Para o curto prazo, pensando na demanda interna, o início do novo mês e a expectativa de melhora nas vendas do varejo, devido as antecipações das festividades de final de ano, devem trazer reajustes positivos aos preços.

Fonte: Scot Consultoria

Nenhum comentário