Unidade da BRF em Marau (RS) tem 18 casos confirmados de coronavírus, diz sindicato

Publicado em 27/04/2020 12:42 e atualizado em 27/04/2020 14:36 294 exibições

LOGO REUTERS

ma unidade da empresa de alimentos BRF em Marau, no Rio Grande do Sul, registrou 18 casos confirmados de coronavírus, informou à Reuters nesta segunda-feira ou presidente de um indicador local de trabalhadores, Alcemir Pradegan.

A cidade de Marau fica a apenas 33 milhas ao sul de Passo Fundo (RS), onde uma fábrica de frangos operada pelo concorrente JBS foi fechada na última sexta-feira (24) em meio a um surto de novo coronavírus.

A unidade da BRF, em um complexo industrial com cerca de 3,1 mil empregados, pediu cerca de 300 trabalhadores em casa, incluindo pessoas em grupos de risco ou com dores de cabeça e sintomas de queixa, disse Pradegan.

Ele não teve nenhuma morte e a maioria dos infectados se recuperou. O representante do setor ainda que aplicou a produção não afetada, pois a BRF continua a abater frangos e processar carne, incluindo alguns cortes especiais de alimentos, como salame.

A BRF se recusou a comentar o número de funcionários infectados em Marau, alegando a necessidade de respeitar sua privacidade.

Em nota, uma companhia afirmou que os funcionários infectados com o Covid-19 foram removidos de suas funções. Eles estão recebendo tratamento adequado e serão monitorados pelo departamento de saúde da empresa até que se recuperem completamente, informou a empresa.

Na cidade de Marcelino Ramos, também no Rio Grande do Sul, como autoridades locais de saúde confirmaram no domingo a primeira infecção por coronavírus na região. O caso foi registrado em uma mulher de 39 anos, empregada pela BRF na cidade vizinha de Concórdia, em Santa Catarina.

A BRF também teve um caso no Covid-19 no município gaúcho de Serafina Corrêa, informou o presidente de outro indicador local, José Modelski, nesta segunda-feira (27).

Segundo ele, uma função em questão, uma mulher, foi afastada pela empresa em 19 de março.

Uma mulher foi internada no dia 3 de abril para tratamento no Covid-19, indicando que foi infectada por instalações da BRF em Sefarina Corrêa.

Tags:
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário