Exportação de frango fecha 4ª semana de abril no vermelho, suíno tem resultado positivo

Publicado em 27/04/2020 16:43 294 exibições

LOGO nalogo

De acordo com dados preliminares sobre as exportações brasileiras até a quarta semana de abril, divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) nesta segunda-feira (27), os resultados mostram a carne de frango com desempenho negativo e a suína, positivo.

De acordo com a analista de mercado da Scot Consultoria, Juliana Pila, a situação não teve fortes alterações em relação aos dados da terceira semana do mês. 

"A diferença é pequena em volume de frango embarcado em relação a igual período do ano passado, acredito que o número de dias úteis menor em abril deste ano pode ter influenciado, mas acredito que até o final do mês estes números podem ser maiores. Com relação ao faturamento em dólares, apesar de estar menor este ano, a moeda americana valorizada ainda deixa o faturamento maior em reais frente ao ano passado".

Os números mostram que em matéria de faturamento em mil dólares por média diária, a carne de frango teve queda de 10,08%, faturando por dia uma média de US$ 22.924,3 este mês contra US$ 25.493,4 no mesmo período do ano passado. 

O preço em dólar por tonelada também caiu, 7,79%, quando comparados os US$ 1.478,9 desde mês com os US$ 1.603,9 em abril do ano passado. 

Em relação ao volume embarcado, a baixa foi menor, de 2,48%. A redução se refere às toneladas por média diária embarcadas; 15.500,7 em abril de 2020 contra 15.894,4 no mesmo mês em 2019. 

No caso da carne suína, os resultados foram todos positivos no fechamento da quarta semana de abril. O  faturamento em mil dólares por média diária foi 28,47% maior que em abril do ano passado, sendo US$ 7.041,7 faturados este mês contra US$ 5.481,1 em abril de 2019. 

Os embarques também foram maiores, uma média diária de 2.916,6 toneladas contra 2.549,6 em abril do ano passado, um incremento de 14,40%. 

O preço da carne suína por tonelada também aumentou, passando de US$ 2.149,8 em abril do ano passado para US$ 2.414,3 este ano, o que representa um aumento de 12,30%. 

Tags:
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário