Ovos: evolução dos preços no Brasil foi infinitamente menor que o reportado nos EUA no decorrer de março

Publicado em 29/04/2020 08:29 36 exibições

Em março passado dentro do período religioso da Quaresma os negócios realizados com ovos brancos e vermelhos - potencializados pela quarentena e isolamento da população no enfrentamento ao Coronavírus - obtiveram expressiva evolução de preços.

Isso porque a busca por alimentos desencadeou elevada demanda por ovos justamente quando as disponibilidades estavam ajustadas na base de produção. Dessa forma, não foi possível suprir tão grande necessidade em curto espaço de tempo e os preços alcançaram evolução de quase 19% no decorrer do mês. Que, entretanto, foi apenas o 3º maior dos últimos 12 anos.

Mas o alto índice deste ano não foi episódio isolado e restrito ao setor de postura comercial brasileiro. Nos Estados Unidos, onde os efeitos do vírus pandêmico foram mais intensos, o índice de evolução dos preços foi extraordinário.

Em Nova York, a dúzia de ovos atingiu índice superior a 200% no decorrer de março, recorde absoluto para o período. Para se ter uma ideia da explosão de preços, o índice médio de evolução nos últimos 5 anos atinge cerca de 30%.

No decorrer de abril essa demanda extra desapareceu e os preços passaram a regredir tanto no Brasil quanto nos EUA, atingindo valores e índices próximos da normalidade.

Tags:
Fonte:
OvoSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário