Suíça reporta dois casos de síndrome reprodutiva e respiratória dos suínos (PRRS)

Publicado em 12/05/2020 09:15 27 exibições

O Serviço Federal Veterinário Suíço reportou a Organização Mundial para  Saúde Animal (OIE) dois surtos da síndrome reprodutiva e respiratória dos suínos (PRRS) no país.

De acordo com o relatório da OIE, um suíno de um abrigo de animais no cantão de Neuchâtel havia sido enviado à Clínica de Suínos da Faculdade de Vetsuisse, Universidade de Berna, no sábado, dia 02 de maio, devido apresentando os seguintes sintomas: três semanas de claudicação, articulações carpais inchadas, aumento da temperatura corporal inapetência e vômito.

Na clínica, o animal desenvolveu febre, sintomas respiratórios e petequeias nos ouvidos e no tronco. Na segunda-feira,04 de maio, foram coletadas amostras de sangue, o animal foi sacrificado e enviado à patologia.

Ainda de acordo com o informado pelo Serviço Federal Veterinário Suíço o animal foi mantido na unidade de isolamento da clínica durante todo o período de hospitalização. As amostras de sangue foram enviadas diretamente ao laboratório nacional de referência "Instituto de Virologia e Imunologia (IVI)" e os testes produziram resultados negativos para a peste suína africana e a peste suína clássica. Contudo, as amostras deram positivo para anticorpos contra o vírus da síndrome reprodutiva e respiratória porcina (PRRS), bem como para RNA viral do genótipo 1 (genótipo da UE).

O abrigo de animais de está mantendo outro suíno com cerca de seis meses de idade, que testou positivo para anticorpos contra o PRRS na última sexta-feira. Os dois animais chegaram juntos ao abrigo.

Conforme o relatório, o movimento desses animais foi proibido. Nos próximos dias, também serão testadas explorações que mantêm suínos em um raio de 5 km ao redor do abrigo de animais.

Tags:
Fonte:
Suinocultura Industrial

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário