Desempenho do frango (vivo e abatido) na 20ª semana de 2020, segunda de maio

Publicado em 18/05/2020 11:30 19 exibições

A revitalização do mercado de abatidos observada na primeira semana de maio foi um lampejo determinado, tudo indica, apenas pela passagem do Dia das Mães – ainda que sem o tradicional convívio social.

Aponta nessa direção o fato de, mal passada a data comemorativa , os preços terem novamente retrocedido, encerrando a segunda semana de maio, 20ª de 2020, praticamente nos mesmos níveis observados nos primeiros dias do mês.

À primeira vista, a mesma situação se aplica ao frango vivo. Porque, após ter obtido – exatamente na véspera do Dia das Mães – um breve reajuste (o único dos últimos três meses), o produto permaneceu com o mesmo preço durante toda a semana que passou, dando a entender que irá permanecer com a estabilidade de um ano atrás, quando permaneceu por perto de 60 dias (entre meados de abril e primeira quinzena de junho) com a cotação inalterada em R$3,60/kg.

Mas as condições de mercado do frango vivo são, agora, diferentes das do frango abatido. Porque o produto encerrou a primeira quinzena de maio em mercado firme e, segundo se informa, já sem condições de atender plenamente a demanda existente.

Em outras palavras, parece que a redução de oferta prevista já começa a ocorrer. E isso se confirmando, novos ajustes devem ocorrer no curto prazo. Independente de estarmos na segunda quinzena do mês.

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário