Duas unidades do frigorífico Languiru no RS devem testar todos os funcionários para detectar Covid-19

Publicado em 29/05/2020 10:53 197 exibições
Empresa assinou Termo de Ajuste de Conduta com Ministério Público do Trabalho do RS e deve seguir testagem periódica em trabalhadores que permanecerem na atividade

LOGO nalogo

A Cooperativa Languiru, processadora de aves e suínos, assinou Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Trabalho (MPT) do Rio Grande do Sul para que todos os 1.542 funcionários de suas duas unidades no Estado passem por exames para detecção do coronavírus. A companhia deve, inclusive, seguir com testagem periódica nos colaboradores que permanecerem nos postos de trabalho para monitoramento. 

De acordo com o MPT, as duas unidades da Languiru, em Poço das Antas e Westfália, se comprometeram a organizar os postos de trabalho para garantir o distanciamento de, no mínimo, 1,8m entre cada colaborador. A implantação de anteparos físicos, utilização de "escudo facial" e máscara de proteção, que devem ser trocadas a cada três horas, também estão entre as medidas a serem tomadas. 

As duas unidades da Languiru também adotarão medidas já assumidas por outros frigoríficos no Estado, como a organização do fluxo dos trabalhadores para evitar aglomerações, especialmente em espaços comuns e setor produtivo, além de adotar sistema de renovação de ar

O documento prevê, ainda, limitação de empregados transportados por veículo fretado e realização de vacinação gratuita dos empregados, contra o vírus influenza e gripe .

Tags:
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário