Escalada de preços do frango vivo tem continuidade em São Paulo e em Minas Gerais

Publicado em 02/06/2020 09:32 26 exibições

Ontem, 1º de junho, no interior de São Paulo, o frango vivo obteve o quarto consecutivo ajuste de preços. Mas – desmentindo a expectativa do AviSite quanto ao fim da “síndrome dos reajustes de cinco centavos” – desta vez o aumento ficou na metade dos outros três anteriores. Ou, em síntese, comercializado no sábado com um ajuste de 10 centavos por R$3,30/kg, o produto abriu ontem o sexto mês do ano negociado por R$3,35/kg.

Em Minas Gerais, a praxe dos dias anteriores foi mantida. Pois o frango vivo – que já na sexta-feira, 29, foi comercializado por R$3,30/kg – obteve outros 10 centavos de reajuste. Com isso, a igualdade de preços entre as duas praças durou apenas curtíssimo fim de semana, já que o frango mineiro foi comercializado, ontem, por R$3,40/kg.

Notar que, um ano atrás, na mesma data, os dois mercados apresentavam desempenho inverso, ou seja, era São Paulo que obtinha 10 centavos a seu favor. Daí a cotação atual ser menos de 3% inferior entre os mineiros, enquanto em São Paulo a queda fica próxima dos 7%. Mas isso, por enquanto, não faz a mínima diferença, pois apenas reaproxima o preço recebido dos custos enfrentados, gerando resultado ainda oneroso para o produtor.

Tags:
Fonte:
AviSite

0 comentário