Pintos de corte: aumento quase 2% em abril, frustrou expectativas de redução

Publicado em 04/06/2020 08:07 23 exibições

O levantamento mensal da APINCO mostrou que em abril passado foram produzidos no Brasil perto de 539 milhões de pintos de corte, resultado que significou aumento de quase 2% sobre o mesmo mês de 2019 e queda próxima de 1% sobre o mês anterior. Porém, considerado o fato de que abril tem um dia a menos, a produção real do mês foi 2,5% maior.

Completado o primeiro quadrimestre de 2020, o volume total produzido é de pouco mais de 2,190 milhões, cerca de 4% a mais que no mesmo período de 2019. Em termos de produção diária (e lembrando que 2020 é ano bissexto, tem um dia a mais) o aumento registrado cai para 3%.

Supondo-se a manutenção dessa produção nos outros dois quadrimestres do ano, a produção do corrente exercício girará em torno dos 6,570 bilhões de pintos de corte, apenas 1,5% a mais que o produzido em 2019. Por ora, porém, o volume acumulado em 12 meses se encontra 6,5% acima do registrado em idêntico período anterior.

A divulgação do volume de abril sem dúvida frustra boa parte do setor, já que naquele mês, frente ao fraquíssimo desempenho do frango, se apregoou a vinda de uma redução entre 5% a 10%, o que não ocorreu. Porém, na ocasião, quando a “luz vermelha acendeu” (segunda quinzena do mês) não se atentou para o fato de que a totalidade dos pintos previstos para abril já estava incubada. Por isso, é mais provável que a decantada redução (ou, o que é melhor, adequação a um mercado pandêmico) tenha ocorrido em maio. Aguardam-se os próximos números, pois.

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário