Suíno: maioria das cotações ficaram estáveis, e mercado deve seguir firme no curto prazo

Publicado em 05/06/2020 16:40 53 exibições

LOGO nalogo

Primeira semana de junho termina com cotações, na maioria, estáveis, para o mercado de suínos. De acordo com análise da Scot Consultoria, a expectativa é de mercado firme para o curto prazo, devido ao início do mês e, consequentemente, recebimento de salários e maior movimentação no mercado interno.

Segundo a Scot Consultoria, nesta sexta-feira (5), os preços em São Paulo permaneceram estáveis, com R$ 85/R$ 87 para a arroba do suíno CIF e R$ 6,70/R$ 6,90 para a carcaça especial. 

De acordo com informações do Cepea/Esalq, referentes à quinta-feira (4), houve queda no preço do animal vivo somente no Paraná, na ordem de 0,24%, chegando a R$ 4,09/kg. 

Permaneceram estáveis os preços para o suíno vivo em Minas Gerais (R$ 5,09/kg), Rio Grande do Sul (R$ 4,07/kg), Santa Catarina (R$ 4,02/kg), e São Paulo (R$ 4,64/kg). 

Tags:
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário