Oferta apertada de carne de porco chinesa deve diminuir no quarto trimestre, diz autoridade agrícola

Publicado em 14/07/2020 08:17 93 exibições

LOGO REUTERS

A construção de fazendas de suínos e o reabastecimento rápido facilitarão o fornecimento apertado de carne suína a partir do quarto trimestre, disse nesta segunda-feira uma autoridade do Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China.

Os estoques de porcas produtivas aumentaram 28,6% em comparação com o nível de setembro de 2019, informou a agência de notícias oficial Xinhua, citando Yang Zhenhai, diretor do departamento de criação de animais e veterinária do ministério, em comunicado à imprensa.

Os estoques de porcas em setembro passado caíram 39% em relação ao ano anterior, mostraram dados do ministério, depois que a peste suína africana matou milhões de porcos.

Desde então, os agricultores tentam reconstruir o rebanho. Os estoques de porcas em 15 províncias se recuperaram para mais de 85% dos níveis de 2017, disse Yang, enquanto os estoques de suínos vivos estão em mais de 80% dos níveis de 2017 em 13 províncias.

Em todo o país, os estoques de suínos vivos subiram 20,9% em relação a janeiro, disse ele.

O suprimento apertado de carne de porco diminuirá gradualmente após o terceiro trimestre, acrescentou ele, com a ajuda de maiores importações e um aumento de mais de 1,2 milhão de toneladas de carne de aves.

Tags:
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário