Preço do suíno vivo sobe nas principais praças produtoras; alta em MG foi de 8,5%

Publicado em 21/07/2020 16:46 133 exibições

LOGO nalogo

O mercado de suínos segue com fortes valorizações nesta terça-feira (21), principalmente para o animal vivo. Segundo análise do Cepea/Esalq, com a demanda para exportações aquecida, a indústria precisa buscar mais lotes de suínos pata abate. O mercado independente também acaba se beneficiando deste movimento, com a disponibilidade reduzida de suínos em peso ideal para abate.

Em São Paulo, de acordo com a Scot Consultoria, a arroba do suíno CIF teve valorização de 4,42%/1,69%, alcançando R$ 118/R$ 120, enquanto a carcaça especial subiu 3,33%/3,26%, fechando em R$ 9,30/R$ 9,50 o quilo. 

No caso do animal vivo, conforme informações do Cepea/Esalq, referentes à segunda-feira (20), houve alta nos preços nas principais praças produtoras. Em Minas Gerais, o aumento foi de 8,50%, chegando a R$ 6,89/kg, avanço de 8,46% no Paraná, cotado em R$ 5,77/kg, e de R$ 4,72% em São Paulo, com valor de R$ 6,21/kg. 

O preço do quilo do suíno vivo evoluiu em 4,13% no Rio Grande do Sul, atingindo R$ 5,29/kg, e 3,39% em Santa Catarina, fechando em R$ 5,49/kg. 

Tags:
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário