Na exportação, apenas cortes de frango fecham o semestre com aumento de volume

Publicado em 23/07/2020 08:33 48 exibições

Os dados consolidados da SECEX/ME indicam que o aumento de 1,2% registrado nas exportações brasileiras de carne de frango do primeiro semestre de 2020 contou com a contribuição, exclusiva, dos cortes de frango, cujo volume aumentou pouco mais de 4,5% em relação ao mesmo semestre de 2019.

Como, porém, nenhum dos quatro itens exportados escapou de queda de preço no período, todos sofreram redução na receita cambial – ocasionada, em parte, pela valorização interna do dólar e, externamente, pela alta disponibilidade do produto no mercado internacional.

Neste caso, o menor índice de recuo na receita – 6,5% dos cortes – correspondeu à maior queda em valores absolutos: US$150 milhões a menos que no mesmos seis meses do ano passado. No total, a receita cambial da carne de frango recuou perto de 10%, deixando de arrecadar mais de US$300 milhões.
 

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário