Ovo x Milho: avicultor sofre perda de 16% na capacidade de aquisição da matéria-prima

Publicado em 05/08/2020 08:32 42 exibições

Em julho o preço médio recebido pela caixa de ovos brancos sofreu perda mensal de 8%, mas obteve índice positivo de 12,2% em doze meses. A saca de milho, por sua vez, obteve alta de 4,5% em relação a junho e expressivos 33,1% em relação a julho do ano passado.

Com os índices recebidos na comercialização da matéria-prima utilizada na alimentação das aves muito acima dos alcançados pelo produtor de ovos, a relação de troca entre os produtos foi altamente desfavorável aos avicultores, tanto no mês quanto em doze meses.

Em julho os avicultores necessitaram de 12,7 caixas de ovos para adquirir a tonelada da matéria-prima, significando perda mensal de 12% no poder de compra, enquanto em doze meses se aproximou dos 16%. Já na comparação com a média histórica de julho dos últimos 10 anos, a perda na capacidade de aquisição de milho atingiu quase 24%.

Por ora, os preços praticados por ambos os produtos neste início de agosto apontam que a relação de troca permanece desfavorável aos produtores de ovos e bem distante da alcançada no ano passado e na média histórica.

Tags:
Fonte:
OvoSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário