Frigorífico de carne suína na Bélgica confirma 67 casos de COVID-19

Publicado em 07/08/2020 10:51 46 exibições

LOGO REUTERS

Uma fábrica de processamento de carne suína na Bélgica registrou 67 infecções por COVID-19 na sexta-feira (7), disse um gerente da empresa à Reuters, juntando-se a uma série de surtos em matadouros e instalações de processamento de carne em todo o mundo.

A Westvlees testou e colocou em quarentena 197 trabalhadores do departamento de corte de carne de sua fábrica em Westrozebeke, Flandres Ocidental, na quarta-feira, depois que alguns funcionários relataram infecções.

A empresa testará todos os 850 trabalhadores da fábrica na próxima semana, como precaução, disse o gerente de produto Manuel Goderis na sexta-feira.

O departamento de corte de carne está fechado e reabrirá em 17 de agosto.

"Por enquanto, não há razão para acreditar que haverá outros casos", disse Goderis.

As fábricas de processamento de carne na Irlanda e na Grécia também relataram aglomerados de novas infecções neste mês, enquanto países como Alemanha, Estados Unidos e Austrália registraram grandes surtos no setor.

Um matadouro alemão foi fechado em junho, depois que 1.500 trabalhadores deram positivo.

Mais de 16.000 trabalhadores dos frigoríficos dos EUA foram infectados até o final de maio, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA.

Um relatório do CDC em abril disse que as condições nas instalações de processamento de carne podem ajudar a espalhar o vírus, incluindo o trabalho em linhas de produção em rápido movimento que dificultam o distanciamento social e as demandas físicas do trabalho que podem dificultar o uso de revestimentos faciais. 

Tags:
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário