Cerca de 330 mil aves mortas devido ao surto de gripe aviária no Cazaquistão

Publicado em 05/10/2020 09:38 104 exibições

Cerca de 330.000 aves em granjas avícolas foram mortas no Cazaquistão devido à gripe aviária altamente patogênica H5N8 em sete regiões do país, anunciou o Ministério da Agricultura na quinta-feira.

Mais de 1,7 milhão de aves foram vacinadas em 424 distritos rurais no Cazaquistão, disse o ministério, acrescentando que 7,7 milhões de doses de vacinas foram distribuídas para as regiões afetadas pela gripe aviária.

Devido às rígidas medidas de quarentena, o surto de gripe aviária foi relativamente contido nas regiões do Turquestão, Zhambyl, Aktobe e Karaganda, bem como na cidade de Shymkent, de acordo com o ministério.

A região do Norte do Cazaquistão, que faz fronteira com a Rússia, relatou o primeiro surto de gripe aviária no país no início de setembro.

Anteriormente, o ministério da agricultura do Cazaquistão disse que pássaros selvagens da Rússia, onde casos de gripe aviária foram detectados em agosto nas regiões de Omsk e Chelyabinsk, podem transmitir o vírus ao Cazaquistão.

Tags:
Fonte:
Xinhua

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário