Estáveis as exportações de carne de frango dos nove primeiros meses do ano

Publicado em 08/10/2020 08:18 20 exibições

Números mais detalhados da SECEX/ME (ainda assim, preliminares e, portanto, sujeitos a alterações) apontam que as exportações totais de carne de frango de setembro de 2020 (aqui considerados frango inteiro, cortes de frango, carne salgada e industrializados) recuaram para 334.816 toneladas, ou seja, apresentaram queda em relação tanto a setembro de 2019 (-4,04%) como ao mês anterior, agosto de 2020 (quase 6% de redução).

Em um primeiro exame (a ser esmiuçado), a redução foi ocasionada, principalmente, pelo frango inteiro, cujo volume no mês foi quase 15% inferior ao alcançado no mês anterior. Mas houve queda, também, entre os cortes de frango, neste caso com redução mensal de pouco mais de 3%.

Com esses últimos resultados, o total acumulado nos nove primeiros meses de 2020 soma 3,1 milhões de toneladas, resultado meio por cento inferior ao de idêntico período de 2019, o que significa estabilidade no volume embarcado.

Projetado para os 12 meses do corrente exercício, esse volume aponta exportações totais da ordem de 4,140 milhões de toneladas, desempenho que comparado ao total de 2019 divulgado pela SECEX/ME no início deste ano (cerca de 4,120 milhões de toneladas) representa aumento anual em torno de meio por cento.

Notar, de toda forma, que a SECEX/ME tem revisado os dados de 2019, bem como os anteriores de 2020. Portanto, os resultados finais devem sofrer ligeiras alterações – para mais ou para menos.

Por ora, os números disponibilizados relativos aos últimos 12 meses indicam o embarque de 4,158 milhões de toneladas, 0,57% a mais que em idêntico período anterior.

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário