Suínos seguem com cotações sustentadas e preço do vivo em alta

Publicado em 26/10/2020 16:41 116 exibições

LOGO nalogo

Os preços no mercado da suinocultura seguem sustentados e em alta, no caso do animal vivo. De acordo com análise do Cepea/Esalq, a oferta de animais para abate ainda é reduzida, ao passo que a demanda da indústria por novos lotes de suínos para abate continua aquecida. Com elevações no vivo, novos reajustes também são verificados nas cotações da carcaça. 

Em São Paulo, segundo a Scot Consultoria, a arroba do suíno CIF ficou com preço estável em R$ 170,00/R$ 172,00, assim como ma carcaça especial, cotada em R$ 13,00/R$ 13,40 o quilo. 

No caso do animal vivo, conforme informações do cepea/Esalq, referentes à sexta-feira (23), houve aumento nos preços na sprincipais praças produtoras acompanhadas pelo órgão. 

O quilo do suíno vivo subiu 3,07% no Paraná, chegando a R$ 8,72/kg, avanço de 2,00% em Minas Gerais, com valor de R$ 9,20/kg, alta de 1,98% em São Paulo, valendo R$ 9,27%, aumento de 1,87% em Santa Catarina, alcançando R$ 8,70/kg, e de 1,13% no Rio Grande do Sul, fechando em R$ 8,09/kg. 

Tags:
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário