Preço da carne de frango in natura exportada segue em lenta recuperação

Publicado em 28/10/2020 08:45 43 exibições

Após terem retrocedido, em junho passado, ao menor valor em mais de 11 anos, os preços alcançados pela carne de frango in natura no mercado externo voltaram a reagir. Mas a recuperação tem sido lenta.

De acordo com os dados da SECEX/ME, o preço registrado em junho situou-se em US$1.272,48 por tonelada, resultado mais de 20% inferior ao registrado um ano antes (US$1.624,04 por tonelada em junho de 2019) e o menor valor observado desde março de 2009.

Nos primeiros quatro meses do segundo semestre o produto vem apresentando ligeiras altas. Na parcial de outubro corrente (16 de um total de 21 dias úteis) o preço registrado ficou em US$1.351,14 por tonelada.

Embora esse valor esteja quase meio por cento abaixo do registrado no mês anterior (US$1.356,36 por tonelada em setembro de 2020) e apresente uma queda de 15% em relação outubro de 2019 (US$1.590,33 por tonelada), encontra-se mais de 6% acima do que foi alcançado no mês de junho passado.

Curiosidade: em comparação ao preço de 10 anos atrás (US$1.673,13 por tonelada em outubro de 2010), o preço atual é quase 20% inferior. Mas na conversão para a moeda brasileira apresenta evolução de 212%.

Embora esse resultado esteja mais de 70 pontos percentuais acima da valorização obtida internamente pelo frango abatido resfriado (+139%), encontra-se mais de 70 pontos percentuais abaixo da valorização registrada pelo dólar que, nesses 10 anos, registra variação próxima de 290% (R$1,68 em outubro/10; média de R$6,50 atualmente).

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário