Em 12 dias, Brasil já exportou 87% de toda carne suína registrada em set/20 e pode fechar o mês com 100 mil ton

Publicado em 20/09/2021 16:04 145 exibições
Analista da SAFRAS & Mercado estima fechamento do mês de setembro 2021 entre 90 e 100 mil toneladas embarcadas

Logotipo Notícias Agrícolas

Até a terceira semana de setembro, o Brasil exportou 66.595,7 toneladas de carne suína fresca, refrigerada ou congelada, de acordo com o relatório divulgado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, por meio da Secretaria de Comércio Exterior (Secex). 

Este volume representa aumento de 25.713,3 toneladas com relação ao acumulado até a semana anterior (40.882,4) e já é 87,56% das 76.053,9 toneladas que foram exportadas durante todo o mês de setembro 2020.

Com isso, a média diária de embarques ficou em 5.549,6 toneladas, o que na comparação ao mesmo período do ano passado, representa elevação de 53,24% com relação as 3.621,6 do mês de setembro de 2020. 

“O desempenho é bastante positivo e, quando falamos em bom desempenho de carne suína, falamos de China. O Brasil é o único dos grandes players do setor carnes a manter um bom fluxo de exportação com destino a China, com um desempenho bastante positivo das exportações brasileiras. É bem possível que sejam exportadas entre 90 e 100 mil toneladas de carne suína em setembro”, comenta o analista da SAFRAS & Mercado, Fernando Henrique Iglesias
 
Em termos financeiros, o Brasil exportou um total de US$ 158.573,8 mil no período, contra US$ 176.050,5 mil de todo setembro do ano passado. Já na média diária, o atual mês contabilizou aumento de 57,63% ficando com US$ 13.214,5 mil por dia útil contra US$ 8.383,4 mil em setembro de 2020.  

Já o ganho no valor obtido por tonelada embarcada foi de apenas 2,87%, saindo dos US$ 2.314,80 no ano passado para US$ 2.381,10 neste mês de setembro.

De acordo com os dados consolidados da Secex, de janeiro até agosto, o Brasil já exportou 674.833,4toneladas de carne suína, número 12,6% maior do que o mesmo período do ano anterior.
Para atingir as projeções de Iglesias, o país terá que embarcar ainda entre 23.404,3 e 33.404,3 toneladas nos nove dias úteis restantes do mês. Caso mantenha a atual média diária de embarques, o número final de setembro pode chegar em até 49.946,4 tonelas.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário