Mercado de suínos segue enfraquecido nesta quinta-feira (12)

Publicado em 12/05/2022 16:05

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado de suínos nesta quinta-feira (12) ainda apresenta cotações em queda ou estáveis (estas, a maioria). De acordo com análise do Cepea/Esalq, o poder de compra de suinocultores paulistas frente aos principais insumos da atividade (milho e farelo de soja) vem crescendo nesta parcial de maio frente ao verificado em abril. 

Apesar disso, agentes do setor consultados pelo Cepea têm se mostrado bastante apreensivos e com receio de que, até o final do mês, esse movimento de avanço no poder de compra seja interrompido. Esses agentes se fundamentam no fraco desempenho das vendas de carne na semana que antecedeu o Dia das Mães, quando tipicamente o mercado se aquece. Assim, os preços da proteína e, consequentemente, dos animais para abate, estão em queda nesta semana.

Em São Paulo, de acordo com a Scot Consultoria, a arroba do suíno CIF ficou estável em R$ 113,00/R$ 120,00, enquanto a carcaça especial cedeu 1,10%/1,05%, custando R$ 9,00 o quilo/R$ 9,40 o quilo.

No caso do animal vivo, conforme informações do Cepea/Esalq, referentes à quarta-feira (11), houve queda de 1,43% no Rio Grande do Sul, atingindo R$ 5,51/kg, e de 1,05% em Santa Catarina, alcançando R$ 5,65/kg. Ficaram estáveis os preços em Minas Gerais, valendo R$ 6,96/kg, R$ 5,62/kg no Paraná e R$ 6,57/kg em São Paulo. 

Esta quinta-feira (12) foi de queda geral para as principais praças comercializadoras de suínos no mercado independente. Lideranças do setor atribuem o movimento de emrcado ao excesso de oferta de animais vivos e de carne nos frigoríficos. 

Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário