Frango puxa aumento anual de 27,5% na receita cambial das carnes

Publicado em 02/02/2011 08:38 290 exibições
Janeiro tem sido, habitualmente, um mês de fracos resultados para as exportações brasileiras, isto é, não só as de carnes. Assim, pode ser considerado normal o fato de a receita cambial obtida pelas carnes no mês ter recuado 6,3% em relação a dezembro.

Mesmo assim não deixa de ser excepcional o fato de, comparativamente a janeiro de 2010, essa receita cambial ter aumentado 27,5%. Mas, neste caso, a contribuição principal veio da carne de frango (cuja receita aumentou 51,4%), já que a receita da carne bovina aumentou apenas 4% e da carne suína recuou 0,2%.

Quase idêntica situação foi observada em relação aos volumes exportados: em relação a janeiro de 2010, caíram significativamente os embarques de carne suína e bovina, enquanto os de frango aumentaram mais de 28%.

Menos mal que o preço médio das três carnes continue em evolução. Em um ano, as carnes suínas valorizaram-se 17%, enquanto a carne bovina teve o dobro de valorização – 34%. Curiosamente, porém, em relação a dezembro de 2010 o preço médio da carne bovina teve pequeno retrocesso, enquanto o das carnes de frango e suína apresentou ligeira valorização.

Esses resultados, divulgados pela SECEX/MDIC, referem-se apenas às carnes in natura.

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário