Ovo encerrou a semana com novo ajuste de preços

Publicado em 14/02/2011 08:15 243 exibições
A exemplo do ocorrido na semana inicial do mês, o ovo fechou a segunda semana de fevereiro com nova alta – aliás, a quinta em 10 dias de negócios. Assim, está encerrando, hoje, a primeira metade de fevereiro valendo 20% mais que no início.

Desde meados do ano passado não se registrava índice de valorização significativo em tão curto espaço de tempo. Mas a despeito de resultar da combinação de pelo menos três fatores distintos – retomada do consumo, readequação da oferta (pelo descarte de poedeiras em final de ciclo) e esforço do setor (pela obtenção de melhores preços), o comportamento de fevereiro corrente não tem nada de inédito: apenas continua repetindo o que ocorreu em fevereiro do ao passado. E, tanto lá como agora, a alta obtida pela caixa do produto em relação ao preço inicial do mês é de R$8,00.

Quer dizer: embora o ovo registre no momento um de seus melhores preços de todos os tempos, o desempenho apresentado no mês é inferior ao de fevereiro de 2010. Porque, então, o ganho alcançado na primeira metade do mês foi de 23,5%. Neste mês, não vai além de 20,5%.
Outro fato: o preço atual é recorde, mas apenas para os últimos três anos. Porque, em fevereiro de 2008 – e também porque havia sérios problemas no abastecimento de milho – os produtores conseguiram obter pela caixa do produto valor médio superior ao atual.

Igualmente caro naquela ocasião, o milho foi comercializado em fevereiro de 2008 pela média de R$27,33/saca. Mas como o valor médio do ovo no mês ficou em R$50,71/caixa, permitiu adquirir então 1,85 saca de milho. Hoje e por ora, o valor médio recebido pelo ovo só da para adquirir 1,44 saca de milho, 22% menos que há três anos.

Tags:
Fonte:
AviSite

0 comentário