Produtores do PR estão recebendo mais pelo leite

Publicado em 27/06/2011 08:23 239 exibições
No inverno, os pastos sofrem com a geada e a despesa com ração aumenta. Dinheiro extra dos cooperados veio em boa hora.
Na propriedade de Tilberto Husch, 100 animais produzem leite, uma média de 3 mil litros por dia. O número foi dobrado em apenas três anos investindo na compra de matrizes, com o acesso a financiamentos e o produtor ainda contou com a ajuda dos técnicos da cooperativa da qual faz parte.

Tilberto é um dos 300 produtores de Castro, nos Campos Gerais, centro-sul do Paraná, região que concentra a maior produtividade do país.

Hoje o produtor convive com duas situações, a primeira, e melhor delas, é o aumento no preço pago pelo litro do leite, cerca de 10% a mais em relação ao ano passado, hoje em torno de R$ 0,91.

Ao mesmo, o que também subiu foi o custo da produção. A alimentação dos animais representa metade do que o criador gasta na produção. A ração, por exemplo, subiu mais de R$ 100. Ano passado a tonelada saia por R$ 400, agora está custando R$ 540,00.

O inverno é a época em que o animal mais consome, mas é o período onde o risco de ficar sem alimento é grande por causa geada. O produtor precisa estar preparado.

Assista ao vídeo com a reportagem completa e saiba mais sobre o Megaleite, evento da cadeia produtiva, que acontece em Uberaba, Minas Gerais.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário