Suinocultores temem prejuízos com fusão entre Sadia e Perdigão

Publicado em 15/07/2011 14:18 292 exibições
Exigências impostas pelo Cade podem causar a exclusão de pequenos e médios produtores.
A oficialização da criação da BR Foods tem preocupado pequenos e médios pecuaristas. Segundo o presidente da Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (Acsurs), Valdecir Folador, os produtores estão temerosos de que as altas exigências impostas pelo Cade possam vir a causar a exclusão de muitos suinocultores.

 – Nossa preocupação é porque nesses dois anos de transição, em que a Sadia e a Perdigão se uniram, muitos produtores do sistema de integração foram excluídos porque não atendiam os níveis de exigência e nem a escala de produção – explicou Folador.

Em entrevista concedida ao programa Mercado e Cia, Valdecir contou que foi enviado um relatório para o Cade, solicitando uma participação mais efetiva dos produtores rurais na negociação, contudo, acabaram ficando sujeitos às imposições do Cade.

– Nós temos que aumentar a escala de produção, fazer investimentos nas propriedades, e, ainda, recebemos relatos de que os valores pagos aos produtores estão sendo reduzidos – disse.

De acordo com o presidente da Acsurs, entretanto, apesar de os produtores enfrentarem custos de produção elevados e a desvalorização da carne devido a embargos internacionais – como o russo e o ucraniano – o volume de exportações aumentou em 20% e a valorização média da carne exportada foi de 2%.

– Esperamos que dentro de alguns dias a Rússia retire o embargo e que nós retornemos à normalidade. A expectativa é positiva – completou.

Tags:
Fonte:
Canal Rural

0 comentário