Política nacional do leite será debatida no dia 12 de setembro

Publicado em 12/09/2011 12:13 244 exibições
Discutir uma política nacional para a cadeia produtiva do leite é o objetivo do debate público que a Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial da Assembleia Legislativa de Minas Gerais realiza, na próxima segunda-feira (12/9/2011), às 14 horas, no Plenário. Autor do requerimento, o deputado Antônio Carlos Arantes (PSC) pretende, com a reunião, avaliar e propor medidas sobre a produção de leite no mercado nacional.

Serão discutidos ainda a fixação de preços para produtores; o combate aos cartéis na produção do leite; o estabelecimento de mecanismos de proteção do mercado interno de importação de produtos subsidiados e a definição de carga tributária sobre leite in natura com ênfase para a demanda de Minas Gerais.

Convidados - Foram convidados para o debate o deputado federal Domingos Sávio (PMDB); o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmiro Alves do Nascimento, e o coordenador do órgão, Rodrigo Puccini Venturi; o superintendente federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Antônio do Valle Ramos; os presidentes da Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais, Roberto Simões; da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Antônio Lima Bandeira; da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Olavo Machado Júnior; da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Maurilio Soares Guimarães; e o diretor-geral do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), Altino Rodrigues Neto.

Também foram convidados os presidentes do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais, Ronaldo Ernesto Scucato; da empresa Itambé, Jacques Gontijo; da Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos de Minas Gerais, Aurora Gouveia; do Sindicato da Indústria de Laticínios e Produtos Derivados no Estado de Minas Gerais, Guilherme Olinto; e da Associação das Cooperativas de Leite no Sudoeste Mineiro, Luiz Fernando Cezar Siqueira;

Tags:
Fonte:
Assembleia de Minas

0 comentário