Governo pode ampliar usos do arroz na merenda escolar

Publicado em 10/09/2012 11:00 327 exibições
A Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) pleiteou a ampliação de 20% para 30% da participação do arroz nas calorias ingeridas pelos estudantes atendidos pelo programa nacional de merenda escolar. A proposta foi apresentada pelo presidente da Federarroz, Renato Rocha, diretamente ao ministro Milton Randó Filho, atual coordenador-geral de Ações Internacionais de Combate à Fome do governo brasileiro, no Seminário Promoção Internacional do Arroz Brasileiro realizado na Expointer 2012. “Isso quer dizer que poderemos aumentar em 50% o volume de arroz destinado à merenda escolar, o que seria a primeira e única ação governamental para incentivar o consumo interno deste cereal que tem grande relevância nutricional e é a base da alimentação nacional”, destaca o dirigente arrozeiro.

Segundo ele, o ministro mostrou-se sensível ao argumento de que o aumento de uma colher de arroz por habitante/dia amplia em 2,5 milhões de toneladas o consumo nacional do grão.  “Atualmente o arroz é utilizado na merenda escolar para atender a 20% da necessidade de calorias dos alunos e o ministro Randó Filho informou que é favorável a ampliação para 30% e sugeriu que o pleito fosse encaminhado ao CONSEA, o que é uma ótima notícia”, acrescenta Renato Rocha. A Federarroz encaminhou a proposta via Câmara Setorial Estadual do Arroz, que por sua vez solicitará o incremento ao Conselho Nacional de Segurança Alimentar - CONSEA.

Tags:
Fonte:
Fedearroz

0 comentário