Separar o trigo, um jeito de ganhar mais renda

Publicado em 24/01/2014 07:43 466 exibições

Foi com base em resultados de análises feitas pela Universidade de Passo Fundo que a Federação da Agricultura do Estado (Farsul) sentou à mesa, nesta quinta-feira, com representantes do governo e da indústria para debater a qualidade da safra gaúcha de trigo – com produção recorde de 3,17 milhões de toneladas. Das 497 amostras avaliadas, 51,51% atendem às características definidas em instrução normativa para as variedades pão e melhorador, as mais buscadas pela indústria. Ou seja, pouco mais da metade tem o que o mercado pede – atualmente, entre 65% e 70% do consumo do trigo se destina à panificação.

Leia a íntegra no Zero Hora

Tags:
Fonte:
Zero Hora

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário