Rússia deverá ter outra grande safra de grãos em 2017; 2016 deve ser recorde

Publicado em 30/11/2016 10:54
240 exibições

A Rússia deverá ter mais uma grande safra de grãos em 2017, o que levará a uma pressão constante sobre os preços, disse a consultoria SovEcon em uma conferência nesta quarta-feira (30).

Na primeira estimativa para os grãos em 2017, a SovEcon disse que a Rússia poderá colher 112,5 milhões de toneladas. Neste ano, o país deverá ter uma safra recorde, com 119,5 milhões de toneladas esperadas.

A colheita de trigo na Rússia, que deverá ser a maior exportadora do cereal em 2016/17, está quase concluída, mas as autoridades ainda precisam anunciar o tamanho da colheita após a secagem e a limpeza dos grãos.

A safra recorde deste ano deixará a Rússia com 38 milhões de toneladas de grãos disponíveis para exportação em 2016/17 e estoques de 19,6 milhões de toneladas até 30 de junho de 2017, de acordo com a SovEcon.

Para o trigo, isso deverá significar uma safra de 72,5 milhões de toneladas, com 28 milhões de toneladas para exportação em 2016/17 e 12,4 milhões de toneladas em estoque.

"Por enquanto, estes números são virtuais, mas o mercado já sentirá a ameaça na primavera [outono no Hemisfério Sul] e, se as perspectivas para 2017 forem boas, isso terá um duplo efeito", disse Andrey Sizov, chefe da SovEcon.

Tradução: Izadora Pimenta

 

Fonte: Agriculture.com

0 comentário