Colheita de trigo supera expectativas no RS, mas preço não agrada produtores

Publicado em 12/12/2016 07:45
111 exibições

 colheita do trigo de 2016 no Rio Grande do Sul foi considerada excelente para a indústria e os produtores. O preço vendido, no entanto, não agrada e frustra os produtores.

A média da produção gaúcha superou o número esperado pela Emater. "Avaliação muito boa quando se fala em qualidade e produtividade", fala o agricultor Airton Becker.

O trigo, entretanto, vem perdendo prestígio no Rio Grande do Sul. A cada ano, um número menor de hectares é plantado. Em 2013, foram 1.059.232. Em 2016, caiu bastante, sendo de 766.864 hectares.

Um dos principais motivos é o preço da saca vendida. Hoje, ela vale menos de R$ 30 por 60kg. E existe o medo, por parte dos agricultores, de não conseguirem pagar o valor investido em tecnologia para a colheita.

"Temos um preço mínimo de R$ 38, só que hoje, no mercado da nossa região, os compradores estão pagando R$ 28. Então o produtor está bastante preocupado, porque, mesmo com essa boa produtividade, ele pode não conseguir pagar todos os investimentos que ele fez na lavoura", avalia Becker.

De acordo com o chefe da comissão de grãos da Farsul, Hamilton Jardim, afirma que a produção de trigo é muito instável, tanto em termos de área, quanto de clima e de preço final comercializado.

Leia a notícia na íntegra no site G1 - RS.

Tags:
Fonte:
G1 - RS

0 comentário