Produção de trigo na Argélia deve se recuperar em 2016/17

Publicado em 30/01/2017 10:19
43 exibições

A produção de trigo na Argélia deve se recuperar na safra 2016/17, por conta das chuvas oportunas do mês de janeiro.

No entanto, os números devem ficar muito aquém dos níveis observados há três anos, antes de um período de seca.

O escritório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) na Argélia prevê uma produção de 2,7 milhões de toneladas de trigo para o país, 700 mil toneladas a mais do que o último ano, mas muito abaixo dos 3,3 milhões de toneladas produzidas em 2013/14.

As importações devem continuar fortes por parte do país, embora devam diminuir para 8 milhões de toneladas, o número mais baixo dos últimos anos.

Início seco

A safra de trigo na Argélia não teve um bom começo, com um outono (primavera no Hemisfério Sul) quente e seco.

De acordo com o USDA, a diminuição das chuvas e o aumento das temperaturas em outubro e novembro afetaram muitos setores relacionados à agricultura e, em particular, os produtores de cereais em regiões dependentes da chuva.

A falta de chuvas, juntamente com temperaturas acima da média, esgotou a umidade do solo necessária para o plantio da cultura de inverno.

Logo depois, as chuvas

As condições, no entanto, melhoraram desde o início de 2017.

Quase todas as regiões receberam chuva e neve, o que deverá aliviar as esperanças dos produtores e mitigar o impacto negativo das condições de seca na primeira temporada.

Tradução: Izadora Pimenta

Fonte: Agrimoney

0 comentário