Safra 2017/18: USDA revisa para cima estimativas da safra de trigo e estoques finais mundiais

Publicado em 09/06/2017 13:39 2013 exibições

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe nesta sexta-feira (9) seu novo boletim mensal para a cultura do trigo da temporada 2017/18. A produção mundial deverá somar 739,53 milhões de toneladas do cereal. A projeção ficou acima do estimado no relatório de maio, de 737,83 milhões de toneladas.

Os estoques finais globais também foram revisados para cima e passaram de 258,29 milhões para 261,19 milhões de toneladas. As novas estimativas não exerceram grande influência no mercado e, por volta das 13h15 (horário de Brasília), as principais posições da commodity negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) testavam leves quedas de 0,50 e 1,00 pontos. O julho/17 era cotado a US$ 4,48 por bushel e o setembro/17 a US$ 4,62 por bushel.

No caso da safra americana, o órgão aumentou a produção de 49,54 milhões para 49,64 milhões de toneladas. Já os estoques finais subiram de 24,86 milhões para 25,16 milhões de toneladas. As exportações dos EUA foram mantidas em 27,22 milhões de toneladas.

Para o Brasil, o USDA também manteve os números da produção e das exportações em 5,60 milhões e 1 milhão de toneladas, respectivamente. Por sua vez, os estoques finais de trigo foram estimados em 2,03 milhões, contra 1,93 milhão de toneladas do boletim passado. A perspectiva é que o país também importe mais nesta temporada, o volume estimado é de 7 milhões de toneladas. Em maio, a projeção estava em 6,90 milhões de toneladas.

Ainda na América do Sul, a perspectiva é que a Argentina colha 17,50 milhões de toneladas de trigo no ciclo 2017/18, número levemente acima do apontado anteriormente, de 17 milhões de toneladas. As exportações também apresentaram ligeira alta, de 11 milhões para 11,50 milhões de toneladas. Os estoques finais permaneceram em 530 mil toneladas.

Na contramão desse cenário, a União Europeia deverá colher uma safra próxima de 150,75 milhões de toneladas. Em maio, o número era de 151 milhões de toneladas. Os estoques finais foram projetados em 10,53 milhões de toneladas, frente as 10,28 milhões de toneladas estimadas no relatório anterior.

Para a Rússia, o departamento estimou a safra de trigo em 69 milhões de toneladas, acima do estimado em maio, de 67 milhões de toneladas. Já os estoques finais ficaram em 11,63 milhões de toneladas, contra as 9,63 milhões de toneladas projetadas anteriormente. As exportações foram mantidas em 29 milhões de toneladas.

As projeções para a safra, estoques finais e exportações da Ucrânia vieram em linha com o boletim de maio.

USDA - Tabela Trigo de Junho

Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário