2017/18: Crop Tour indica produtividade menor para o milho em Indiana; em Nebraska, número é maior

Publicado em 22/08/2017 16:32 e atualizado em 22/08/2017 18:05
601 exibições

LOGO nalogo

Nesta terça-feira (22), o Farm Journal Midwest Crop Tour, renomado tour que acontece anualmente no Meio-Oeste dos EUA, também trouxe as projeções para as safras de milho e soja de Indiana. No quinto maior produtor de milho do país, o rendimento das lavouras na safra 2017/18 foi estimado em 178,55 sacas por hectare.

O número ficou abaixo do indicado no ano anterior, de 186,37 sacas por hectare. Contudo, a estimativa está acima da média dos últimos três anos, de 177,17 sacas por hectare.

"O potencial de produção de milho no centro de Indiana está abaixo do ano passado, porém, ligeiramente acima da média dos últimos anos, já que as chuvas adequadas no início da temporada aumentaram as perspectivas da safra", reportaram os participantes do tour em entrevista à Reuters internacional.

"A safra é melhor do que o esperado, mas é irregular. E uma cultura irregular geralmente é uma colheita mais pobre", disse Kyle Wendland, um produtor de Iowa e que participa da expedição.

A contagem de vagens na soja ficou em 1.190 em espaços de 3x3 pés (ou, aproximadamente, 1m²). Em 2016, o número ficou em 1.146 vagens em espaços de 3x3 pés. A média dos últimos três anos é de 1.201 vagens em espaços de 3x3 pés.

Lavoura de milho em Indiana, nos EUA. Gabriel Rodriguez Fintec Group

Lavoura de milho em Indiana, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez Fintec Group

Lavoura de milho em Indiana, nos EUA. Gabriel Rodriguez Fintec Group

Lavoura de milho em Indiana, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez Fintec Group

Lavoura de milho em Indiana, nos EUA. Gabriel Rodriguez Fintec Group

Lavoura de milho em Indiana, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez Fintec Group

Lavoura de soja em Indiana, nos EUA. Gabriel Rodriguez Fintec Group

Lavoura de soja em Indiana, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez Fintec Group

Lavoura de soja em Indiana, nos EUA. Gabriel Rodriguez Fintec Group

​Lavoura de soja em Indiana, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez Fintec Group

Nebraska

Também foram reportados números parciais da safra 2017/18 de soja e milho para Nebraska. No ano anterior, o estado foi o terceiro maior produtor de milho e o quinto de soja nos EUA.

"O potencial de produção de milho no sudeste de Nebraska está acima da média e melhor do que o registrado em 2016, uma vez que as chuvas em tempo e o temperaturas mais amenas durante o mês de agosto ajudaram a safra a se recuperar de um julho quente e seco", destacou a Reuters internacional.

Levantamentos realizados em cinco campos nos municípios de Adams, Nuckolls e Webster indicaram um rendimento no milho de 181,15 sacas por hectare. Em 2016, o número ficou em 164,57 sacas por hectare e a média dos últimos três anos é de 168,52 sacas por hectare.

"Não é uma colheita ruim de milho que vimos, porém, quando nos movemos para o leste, estamos vendo mais estresses", disse o líder da expedição, Chip Flory.

Na soja, a contagem de vagens para essa safra ficou em 961,58 em espaços de 3x3 pés (ou, aproximadamente, 1m²). No ano passado, a contagem estava em 994,35 vagens  em espaços de 3x3 pés e a média dos últimos três anos em 1.029,52 vagens em espaços de 3x3 pés.

Outro grupo que fez parada em Gage, Seward e Saline, ainda no estado, reportaram rendimento das lavouras de milho em 166,17 sacas por hectare e a contagem das vagens da soja em 930 em espaços de 3x3 pés.

Soja em Nebraska, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez da Fintec Group

Soja em Nebraska, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez da Fintec Group

Milho e soja em Nebraska, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez da Fintec Group

Soja e milho em Nebraska, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez da Fintec Group

Lavoura de milho em Nebraska, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez da Fintec Group

Lavoura de milho em Nebraska, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez da Fintec Group

Lavoura de milho em Nebraska, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez da Fintec Group

Lavoura de milho em Nebraska, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez da Fintec Group

Lavoura de milho em Nebraska, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez da Fintec Group

Lavoura de milho em Nebraska, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez da Fintec Group

Lavoura de milho em Nebraska, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez da Fintec Group

Lavoura de milho em Nebraska, nos EUA. Envio de Gabriel Rodriguez da Fintec Group

Confira os primeiros números para Ohio e Dakota do Sul:

>> 2017/18: Primeiros números do Crop Tour mostram irregularidade na safra norte-americana

Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Altero Campos castro - PR

    Pelas foto das espigas de milho na caçamba do veiculo, não devem chegar a 70 sacas por hectare.

    0