Chuvas atrasam plantio do arroz no Rio Grande do Sul

Publicado em 19/10/2018 11:09
68 exibições

Em crise já há algum tempo, a cultura do arroz no Rio Grande do Sul deve ver, nesta safra 2018/2019, sua área encolher. Dos 1,078 milhão de hectares plantados na temporada passada, segundo o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), a intenção de plantio neste ano é de 1,007 milhão de hectares, queda de 6,53%. A redução, porém, não é o único contratempo ao setor orizícola. O clima, com chuvas relativamente constantes, tem atrasado a semeadura e, junto com a falta de capital de giro dos produtores, pode derrubar a produtividade.

Segundo o presidente da Federação das Associações dos Arrozeiros do Estado (Federarroz), Henrique Dornelles, a situação preocupa os produtores. "Ano passado já foi atrasado, e esse ano está ainda pior do que no ano passado", arma o presidente. De acordo com o Informativo Conjuntural da Emater, divulgado nesta quinta-feira (18) a área plantada em nível estadual chega a 25% do total previsto. O percentual não atinge a média para o período, que é de 28%. "Sempre há uma janela boa em agosto para o preparo antecipado que, esse ano, não foi muito favorável", acrescenta o diretor técnico do Irga, Maurício Fischer.

Leia a notícia  na íntegra no site do Jornal do Comércio

Tags:
Fonte: Jornal do Comércio

Nenhum comentário