Produtividade do trigo cresce 25% em 30 anos

Publicado em 18/08/2010 07:51 338 exibições
A produtividade do trigo cresceu 25% no Paraná nos últimos 30 anos. Isso ocorreu devido aos programas brasileiros de melhoramento genético, que permitiram a elevação da produtividade em 700 quilos por hectare no período no Estado.

É o que mostra levantamento realizado pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).

O resultado desse levantamento será apresentado hoje pelo pesquisador Manoel Bassoi, da Embrapa Soja, durante o Dia de Campo de trigo que a entidade realiza na cidade de Londrina, no norte do Paraná.

Para mostrar esse aumento de produtividade, Bassoi voltou no tempo. Em 2008 e 2009, replantou 20 das principais cultivares de trigo que eram utilizadas nos anos de 1970 a 1990.

As cidades paranaenses escolhidas pelo pesquisador da Embrapa foram Londrina, Ponta Grossa e Cascavel.

Esse plantio foi possível porque a Embrapa mantém um banco de germoplasma com cultivares antigas tanto de soja como de trigo.

Foram avaliadas cultivares da Embrapa, do Instituto Agronômico do Paraná, do Instituto Agronômico de Campinas, da Coodetec, da Fundacep e do extinto Instituto Agronômico do Sul.

"Todas as cultivares estão semeadas na vitrine de tecnologias da Embrapa para que os participantes do Dia de Campo possam visualizar a evolução desses materiais genéticos", diz Bassoi.

Os dados verificados se referem apenas ao potencial de aumento na produção do cereal, mas é preciso enfatizar que há outros ganhos obtidos pela melhoria da sanidade das cultivares, diz o pesquisador.

Bassoi avaliou também a qualidade do trigo produzido atualmente. Os dados indicaram que de 1990 a 2010 o valor do W subiu 28% -o W é o parâmetro que determina a qualidade do trigo para a panificação.

"Esse aumento de qualidade reforça a importância dos programas de melhoramento genético", diz o pesquisador.

Tags:
Fonte:
Folha de São Paulo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário