IBRAFE quer feijão brasileiro com selo de qualidade em 2011

Publicado em 21/12/2010 08:04 471 exibições
O Instituto Brasileiro do Feijão (IBRAFE), com sede em Curitiba, está desenvolvendo um trabalho para que o feijão comercializado no mercado brasileiro passe a trazer um selo que signifique certificação de qualidade, a partir de 2011. “Este é um mercado com muitos problemas porque o produto classificado como tipo 2 ou 3, ou ainda sem padrões de classificação, acaba comercializado como seu fosse tipo 1, o de melhor qualidade”, observa o presidente da entidade que congrega grandes produtores, distribuidores e cerealistas de todo o país, Péricles Salazar. O IBRAFE foi fundado em 2005 com a finalidade de organizar e disciplinar o mercado de feijão brasileiro que consome aproximadamente 9,121 kg per capita do produto ao ano, segundo o IBGE. A produção prevista para 2010/2011 é de 3,34 milhões de toneladas, segundo a Conab, quase totalmente destinada ao mercado interno.

O Instituto Totum é quem vai ser responsável pelo gerenciamento e a gestão do processo de certificação das empresas, enquanto que a certificação será feita pela TÜV Rheinland do Brasil, empresa alemã que atua em 62 países. Serão realizadas 400 análises de amostras de feijão coletadas no varejo no ano que vem, dentro da campanha com o selo “100% Feijão”, lançada pelo IBRAFE neste final de ano. A avaliação será feita dentro dos parâmetros da Instrução Normativa 12 (IN 12) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que leva em conta fatores como umidade do grão, defeitos graves, defeitos leves e embalagem. A empresa que tiver seu produto aprovado poderá ostentar em sua embalagem o selo “100% feijão”. “É uma maneira de disciplinar e fiscalizar melhor este mercado onde há muito produto clandestino, fazendo com que o consumidor possa escolher de fato as marcas que garantem um produto de qualidade ”, explica Péricles Salazar, que também é presidente da Câmara Setorial do Feijão no MAPA.

Até aqui três empresas já foram certificadas com o selo “100% Feijão” - CAMNPAL (Cooperativa Agrícola Mista Nova Palma Ltda.), JMJ Comércio de Cereais Ltda. e SLC Alimentos - e outras quatro encontram-se em estágio avançado de certificação. O IBRAFE espera a adesão de mais de 20 empresas até o início de 2011.

selo de qualidade do feijão

Tags:
Fonte:
Ibrafe

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário