Comercialização do trigo paranaense atinge 67% e sugere lucro de 10%

Publicado em 18/03/2011 09:42 385 exibições
O relatório da Secretaria de Agricultura do Paraná, nesta semana, indica que a comercialização tinha atingido aproximadamente 67% na última sexta-feira, o que significa que foram negociadas 2,21 milhões de toneladas, restando ainda 1,09 milhão de toneladas para serem comercializadas no estado, da safra 2010/11. Os preços par o mercado de balcão, aquele pago ao agricultor, para mercadoria não padronizada, estão ao redor de R$ 435,00/tonelada, cerca de 1,02% acima do Preço Mínimo do Governo Federal, enquanto que os preços do mercado de lotes, entre empresas,para mercadoria padronizada, está entre R$ 540,00 e R$ 570,00/tonelada.

Comparado com os dados apresentados pela própria Secretaria de Agricultura em novembro/2010, o custo mínimo (não o tradicional) da produção de trigo estaria ao redor de R$ 395/tonelada, ou R$ 23,90. Assim sendo, haveria um pequeno lucro de R$ 40,00/tonelada, ou 10,12% neste momento. Nestes cálculos, porém, não estão incluídos os custos de depreciação de máquinas e implementos, benfeitorias e instalações, sistematização e correção do solo, seguro do capital, mão de obra permanente, remuneração do capital próprio nem a remuneração da terra que, se fossem acrescentados elevariam o custo para R$ 41,78 ou R$ 696,33/tonelada, preço que não é pago ao produtor em nenhum lugar do mundo. Por isso, também, o trigo não é o principal interesse do agricultor brasileiro, mas a soja, que divide com o trigo os custos acima citados. O trigo não dando prejuízo e a soja dando lucro, o agricultor vai passar férias em Camboriú.

Tags:
Fonte:
Trigo & Farinhas

0 comentário