Preço baixo pode reduzir plantio nacional de trigo

Publicado em 02/05/2011 08:24 370 exibições
Desanimados com os preços baixos do trigo, os produtores devem, mais uma vez, reduzir a área plantada com o cereal. A primeira previsão da consultoria Safras & Mercado sobre a intenção de plantio indica retração no cultivo de trigo no país da ordem de 11%, para 1,988 milhão de hectares. A redução só não será maior porque o Rio Grande do Sul deve compensar a forte redução na área no Paraná.

Para a Safras, a queda no Paraná será de expressivos 30%, para 800 mil hectares. Já o Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Agricultura do Estado acredita que o plantio, já em andamento, vai cair apenas 12%, para 1,030 milhão de hectares. A produção paranaense do cereal, segundo o Deral, deve recuar cerca de 17%, para 2,856 milhões de toneladas.

A queda no Paraná está diretamente ligada à rentabilidade do milho, segundo Élcio Bento, da Safras. "Os paranaenses preveem mais ganhos com o milho e vão substituir o trigo", diz Bento.

Em nível mundial, a tendência, segundo ele, é de que os preços arrefeçam, já que o crescimento da oferta global na próxima safra deve aliviar o déficit do ciclo atual. Na sexta-feira, o cereal fechou em alta de 23,75 centavos de dólar em Chicago, com o bushel a US$ 8,0125. No Paraná, a saca de trigo teve alta de 0,37% e fechou a R$ 27,25, segundo o Deral.

Tags:
Fonte:
Valor Econômico

0 comentário