Outubro registra alta de 3,4% em 20 dias nos preços do arroz

Publicado em 21/10/2011 06:54 229 exibições
Um cenário internacional de perdas produtivas nos Estados Unidos e na Tailândia, redução de área no Sul do Brasil e no Mercosul, por conta da deficiência hídrica e baixa rentabilidade, fortes exportações, mecanismos de apoio à comercialização à vontade e renegociação de dívidas, com flexibilização de garantias, está favorecendo uma aceleração na recuperação dos preços do arroz em casca no Rio Grande do Sul, com reflexos em outras praças. O ingresso no quarto final da entressafra, também gera um efeito “remunerador” para o mercado de arroz.

Depois de registrar uma alta de 1,67% em setembro, principalmente na segunda quinzena, o
Indicador do Arroz Esalq/Bolsa Brasileira de Mercadorias-BM&FBovespa chegou ao dia 20 de outubro acumulando 3,36% de recuperação. A trajetória é a mais positiva nos últimos três meses, pois agosto registrou uma alta de 2,18% registrada. O indicador apontou o fechamento das cotações do arroz em casca, em sacas de 50 quilos, no Rio Grande do Sul a R$ 24,58, posto na indústria. Pela cotação do dia, o valor é equivalente a 13,71 dólares. É a cotação mais alta dos últimos seis meses, mas um valor ainda R$ 1,22 abaixo do preço mínimo de garantia do governo federal.

Confira a íntegra da notícia no Planeta Arroz

Tags:
Fonte:
Planeta Arroz

0 comentário