Mandioca: À espera de novas quedas, colheita é priorizada

Publicado em 08/12/2014 10:17 48 exibições

 Na expectativa de novas desvalorizações da raiz no início de 2015, agricultores consultados pelo Cepea demonstraram forte interesse pela comercialização e avançaram com a colheita na última semana. Além disso, muitos precisam liberar áreas de arrendamento ou se capitalizar para o período de final de ano. Por outro lado, o recebimento de matéria-prima pelas indústrias vai se reduzindo por conta do recesso de algumas empresas. Até o dia 5, 14% das fecularias tinham paralisado as atividades, reduzindo a demanda por mandioca. Diante disso, a quantidade de raiz processada recuou 3,9% de 1º a 5 de dezembro, assim como o rendimento de amido.

Com boa disponibilidade de mandioca e menor demanda industrial, os preços continuaram pressionados. O valor médio a prazo da tonelada do produto posto fecularia foi de R$ 220,75 (R$ 0,3839/g na balança hidrostática de 5 kg), queda de 2,9% na comparação com a semana anterior e o menor desde agosto/12. Parte das farinheiras, principalmente as do Paraná, também já reduziu o processamento. Assim, o preço médio a prazo da tonelada de mandioca posta farinheira foi de R$ 218,61 (R$ 0,3802 por grama) na última semana, 1,8% abaixo do registrado na anterior.

Tags:
Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário