Técnica de resfriamento de sementes auxilia produtores de alho no RS

Publicado em 29/08/2016 09:48
116 exibições
Vernalização prepara sementes para serem plantadas nas lavouras. Técnica deve aumentar produção do estado, de 20 mil toneladas, em 20%.

O Rio Grande do Sul produz cerca 20 mil toneladas de alho por ano. A cidade de São Marcos, na Serra, é um dos maiores produtores. Na região, o alho já toma conta das lavouras.

Para o resultado ser positivo no momento da colheita, além de contar com a ajuda do clima, os produtores utilizam uma técnica de preparação das sementes. Cerca de 120 agricultores do município usam a vernalização, na qual as sementes ficam por até 30 dias em temperaturas que variam de 2°C a 4°C em uma câmara fria.

As sementes de alho precisam se desenvolver em baixas temperaturas. A técnica é utilizada para acelerar a produção.

“Se não fizer frio no inverno, também dá um choque térmico e vai para a lavoura já pronto. Para vir um alho bom. Outro benefício é que geralmente amadurece com 15 a 20 dias antes do que se não fosse posto na câmara. Para o produtor tem muita segurança", diz o presidente da Associação de Produtores de Alho de São Marcos, Darvi Cioato.

Leia a notícia na íntegra no site G1 - RS

Fonte: G1 - RS

Nenhum comentário