Produtor de hortaliças precisa mudar de postura, diz líder de empresa de sementes

Publicado em 14/09/2016 15:47
89 exibições
Para o diretor de planejamento estratégico da ISLA Sementes, produtores podem ampliar ganhos sem grandes investimentos

O desenvolvimento de novas tecnologias para aumento de produtividade e resistência em hortaliças fez o mercado de sementes explodir nos últimos 15 anos. O valor movimentado pelo setor em 2001 era de R$ 114,4 milhões, enquanto que em 2015 essa quantia saltou para R$ 800 milhões. A variação nominal foi de quase 700% e é expressiva mesmo se retirados os 144% de inflação no período. Os dados são da Associação Brasileira para o Comércio de Sementes e Mudas (ABCSem).

Mas todo esse crescimento pode ser ainda maior. É o que diz o diretor de planejamento estratégico da ISLA Sementes, Andrei Santos. Por acompanhar o setor de perto, Santos diz que o conservadorismo de boa parte dos produtores de hortaliça freia o aproveitamento de oportunidades. A venda de hortaliças prontas para o consumo, vegetais mini (como mini cenouras e outros do gênero), ou as famosas baby leafs (folhas bebê) ainda engatinham no Brasil. “Existe demanda, o varejo busca, mas produtor ainda não está pronto”, revela.

Leia a notícia na íntegra no site Gazeta do Povo

 

Fonte: Gazeta do Povo

Nenhum comentário