Safra de pêssego deve chegar a 123 toneladas em 2016 no RS, diz Emater

Publicado em 16/11/2016 06:46
168 exibições

A safra do pêssego começa com otimismo para os produtores e para as indústrias de conserva no Rio Grande do Sul. Isso porque, de acordo com Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), 123 mil toneladas da fruta devem ser colhidas no estado.

A cidade de Pelotas, no Sul do estado, é a maior produtora de pêssego de todo o país. A expectativa é que durante esta safra, 40 mil toneladas sejam colhidas. O número representa uma colheita 40% maior do que a de 2015.

O aumento movimentou as lavouras e as fábricas. Para dar conta da produção, centenas de vagas foram abertas, o que gerou novas oportunidades de emprego. Em apenas uma das fábricas da cidade, a estimativa é que 7 milhões de latas de pêssego em calda sejam produzidas. Para isso, o número de funcionários teve que duplicar e mais 350 contratos temporários foram firmados.

O gerente industrial Carlos Oderich afirma que, nos dias de produção intensa durante a safra, os funcionários com contrato temporário que se destacarem podem ter uma oportunidade efetiva de trabalho. "Mais ou menos 10% a 20% é efetivado depois em substituição a alguns funcionários que já estão se aposentando ou que estão desejando sair da empresa", conta.

Foi o que aconteceu com Suelen Caldeira, que entrou como temporária e teve oportunidade na empresa. "Entrei na época da safra. Não sabia se a empresa tinha intenção de ficar com meu trabalho, mas mostrei todo o meu potencial, e eles resolveram me contratar", lembra Suelen, que agora, efetivada, é responsável pelo controle do padrão de qualidade e também por criar novos produtos.

Leia a notícia na íntegra no site G1 - RS.

Fonte: G1 - RS

0 comentário