SP: Chuvas interferem no preço da banana; variedade prata em alta

Publicado em 26/01/2017 06:26
63 exibições

Assim como as demais lavouras, a banana também sofre com os excessos do clima. Neste mês, as chuvas no Vale do Ribeira, grande produtor da fruta, interferiram na colheita das últimas semanas e fizeram os preços disparar. A variedade que permanece em alta é a banana prata, sendo cotada no atacado por R$ 4 o quilo. Já a nanica, que foi comprada pelos consumidores há algumas semanas por até R$ 7 o quilo nos supermercados, está mais acessível, não ultrapassando a marca dos R$ 5 no varejo. No ano de 2016, a fruta acumulou alta de 94,3%, de acordo com índice do Ceagesp.

No box em que Antonio Vassalo trabalha, no Entreposto Central de Abastecimento de Jundiaí (Ecaj), são movimentadas por mês 30 toneladas de bananas de três variedades: nanica, maçã e prata. Entre a última semana do ano e início deste mês, houve queda na movimentação e aumento no preço da fruta. “Choveu demais no Vale do Ribeira e isso quebra a produção. As bananas ficam moles e apodrecem. Não dá nem para tirar da roça. Chegamos a comercializar a caixa com 15 quilos por R$ 46. Agora já baixou, está cotada em R$ 36, em média”, explica Vassalo.

O local não comercializa direto ao consumidor, mas a cotação por quilo de cada variedade é de R$ 2,30 para a nanica, R$ 4 para banana prata e R$ 5 para a variedade maçã. Nos supermercados, nesta terça-feira (24), em promoção, a fruta foi cotada por R$ 3,59. Mas esse valor chegou ao dobro há uma semana, com custo de R$ 7, o quilo. O mesmo preço também foi registrado entre maio e julho do ano passado, quando foram registradas perdas por conta das geadas nas áreas produtoras.

Leia a notícia na íntegra no site Jornal Jundiaí.

Fonte: Jornal de Jundiaí

0 comentário