Manga: Tráfico de drogas afeta mangicultura do Vale do SF

Publicado em 14/02/2019 13:42
111 exibições

Mais de 1.270 kg de cocaína foram apreendidos no porto de Natal (RN), na terça-feira (12), escondidos em embalagens de manga. Os produtos eram de Petrolina (PE) e seriam destinadas à Europa. Neste cenário, exportadores de manga se preocupam quanto aos impactos à imagem e ao mercado das frutas do Vale do São Francisco, tanto no Brasil quanto no exterior.

Isto porque, segundo agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, além de prejudicar a credibilidade do setor, como um todo, o crime ainda desordena o mercado – já que, muitas vezes, os preços pagos pelas frutas, por traficantes, são mais elevados do que as ofertas de packing houses legítimas. Oferecendo valores mais atrativos (mesmo que o interesse pela fruta esteja em segundo plano), portanto, criminosos impactam as negociações de exportadores.

Nas redes sociais, agentes do setor cobram por medidas de fiscalização, que permitam somente a atuação de packing houseslegítimas no mercado e coíbam a atuação de criminosos.

Confira mais informações no site www.hfbrasil.org.br

Tags:
Fonte: Cepea/Hortifruti

Nenhum comentário