Manga: Vale dribla queda nos preços (HF BRASIL)

Publicado em 18/04/2019 17:25
72 exibições

Nesta semana (15 a 18/04), o aumento da oferta de manga – resultado da intensificação das colheitas – e prejuízos resultantes de problemas fitossanitários influenciaram negativamente nas cotações de Livramento de Nossa Senhora (BA) e do Norte de Minas Gerais. Na média, os preços da palmer ficaram abaixo do praticado na semana passada em ambas as praças: em Livramento, a palmer se desvalorizou 11%, sendo vendida por R$ 1,95/kg.

Já em Jaíba/Janaúba (MG), o recuo foi de 7% para a mesma variedade, com preços fechando à média de R$ 2,40/kg. A palmer de Petrolina/Juazeiro (PE/BA), contudo, saiu “ilesa” deste cenário e apresentou leve valorização (+3%) ao longo da semana – o preço médio da variedade para mercado interno foi de R$ 2,73/kg, bem acima das cotações observadas nas outras praças produtoras.

Mas como o Vale driblou esta situação? Segundo agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, o sucesso nas exportações e a valorização da fruta destinada ao mercado europeu continuam favorecendo, também, os preços da manga que fica no mercado doméstico. A palmer do Vale do São Francisco foi enviada à União Europeia por R$ 3,30/kg nesta semana. Outro importante fator que torna os preços mais atrativos na região é a qualidade dos frutos, que são um diferencial para o sucesso dos envios ao exterior e para as vendas no mercado interno. 

Confira mais informações no site www.hfbrasil.org.br

Tags:
Fonte: Cepea/Hortifruti

Nenhum comentário